Transformação estrutural e produtividade no Brasil

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2012
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este artigo analisa a dinâmica do processo de transformação estrutural brasileiro entre 1950 e 2005, com o objetivo de identificar os fatores relevantes para a realocação do fator trabalho entre três setores da economia (agricultura, indústria e serviços) e as consequências desse processo sobre a produtividade agregada. Foram utilizados dados de valor adicionado e número de trabalhadores para 10 setores desagregados da economia. Os resultados mostram que o baixo crescimento produtivo do setor de serviços, juntamente com uma maior parcela da população alocada nesse setor, contribuiu para a diminuição do crescimento da produtividade agregada brasileira, relativamente a outros países. Além disto, conclui-se que o Brasil pode aumentar sua produtividade no curto prazo realocando o trabalho para setores mais produtivos. Por fim, o crescimento da produtividade do trabalho nos setores parece explicar razoavelmente bem o processo de transformação estrutural no Brasil.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Citação