IPOs brasileiros de 2004 a 2007: influência da estratégia organizacional, relacionada à estrutura de propriedade e à governança corporativa, no preço da emissão

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2010
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
A fixação de preço de um IPO reflete a qualidade da empresa emissora e das condições de mercado no momento da emissão. Este trabalho busca identificar e quantificar o quanto a Estratégia Organizacional, as características da firma e do mercado afetam o Ajuste Parcial de Preços (APP), que é a definição final do preço da emissão. Os dados foram coletados de IPOs realizados por empresas não financeiras no Brasil, no período de 2004 a 2007. Os resultados mostram que os aspectos relacionados ao mercado que afetam o APP são: retorno médio do mercado nos 30 dias antes da emissão, a volatilidade do mercado nos 60 dias anteriores à emissão e se o período é de Hot Market. Os aspectos da firma e da emissão que afetaram o APP são: investimento em pesquisa e desenvolvimento, dividendos mínimos, número de fatores de risco citados nos prospectos da emissão, se a empresa tem atuação internacional e o tamanho da emissão. O impacto da Estratégia Organizacional no APP foi avaliado em relação a Estrutura de Propriedade e a Governança Corporativa. Os aspectos relacionados à estrutura de propriedade que afetam o APP são: concentração do controle pós IPO, emissão de ações PN e se a empresa é familiar. Os aspectos de Governança Corporativa que afetam o APP são: se a empresa pertence ao Novo Mercado e se CEO e Presidente do Conselho é a mesma pessoa. O modelo final explica 66% da variação do APP.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Sanvicente, Antonio Zoratto
Sheng, Hsia Hua
Área do Conhecimento CNPQ
Citação