A educação profissional e tecnológica como política pública para juventude em São Paulo: a experiência do Reino Unido

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Bachur, João Paulo
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2020
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este estudo se propõe a analisar o papel da educação para o trabalho na garantia de aprendizagem nas escolas de competências e habilidades básicas e específicas, necessárias para oportunizar à juventude a inserção digna e qualificada no mundo do trabalho por meio da empregabilidade formal e/ou geração de renda via empreendedorismo, impulsionando o crescimento econômico e social. O trabalho contextualiza a oferta da Educação Profissional e Tecnológica (EPT) no Brasil, fazendo o recorte do Estado de São Paulo, destacando índices que apontam a relação do déficit de habilidades com as taxas de empregabilidade de jovens no estado. Essa oferta, hoje, coloca a EPT apartada da educação básica, perdendo a oportunidade de incluir na formação educacional dos estudantes a formação profissional. O caso da reforma da educação profissional no Reino Unido foi escolhido pois, dentre outras razões, focou nas habilidades, estabeleceu uma estrutura fluida de aproximação e nivelamento das trajetórias acadêmica e profissional, e alavancou a inserção de jovens no mercado por meio do programa de aprendizagem profissional. O Estado de São Paulo dispõe hoje de características para aplicar boas práticas e lições captadas da experiência britânica, o trabalho busca fazer apontamentos e algumas recomendações nesse sentido. Investir em EPT significa investir na juventude e no desenvolvimento econômico.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Bachur, João Paulo
Corrêa, Izabela Moreira
Área do Conhecimento CNPQ
Citação