A responsabilidade das partes nos contratos de cessão de infraestruturas para telecomunicações: limitações necessárias para a preservação do compartilhamento como modelo de negócio

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Roque, Pamela Gabrielle Romeu Gomes
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2016
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O presente estudo inicia-se com uma breve análise do instituto da responsabilidade de acordo com o direito civil brasileiro, no qual são conceituadas suas subdivisões em responsabilidade objetiva e subjetiva, bem como em contratual e extracontratual. Posteriormente são abordadas as figuras da cessão e compartilhamento de infraestruturas para telecomunicações de acordo com o ordenamento jurídico vigente, oportunidade em que são apontados os riscos operacionais das Towers Companies ao utilizarem tais figuras em sua atividade empresarial. Por fim, a partir da análise de que os riscos operacionais envolvidos em tal atividade podem ocasionar voluptuosas indenizações por perdas, danos e lucros cessantes, são apresentadas e conceituadas as cláusulas de limitação e exoneração de responsabilidade e as suas respectivas aplicabilidades nos contratos de cessão e compartilhamento de infraestruturas para telecomunicações, no intuito de mitigar riscos e definir os limites de reparação existentes nas relações contratuais entre as Tower Companies e as empresas de telecomunicações, algo que se faz necessário para manter o compartilhamento como um modelo de negócio viável no mercado de telecomunicações brasileiro.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Roque, Pamela Gabrielle Romeu Gomes
Área do Conhecimento CNPQ
Citação