Efeitos heterogêneos da creche e da pré-escola sobre o desempenho escolar

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2019
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
A educação é um dos aspectos mais fundamentais para o bem-estar de uma pessoa ao longo da vida e para a sociedade. Estudos mais recentes apontam que o investimento em estágios mais primários da vida, no âmbito educacional, alimentício e de ambiente social tendem a trazer maiores retornos que investimentos em estagios posteriores, possivelmente atingindo de maneira mais efetiva esse bem-estar geral. O Brasil, apesar de ser a nona economia mundial, vem apresentando resultados muito aquém do esperado no quesito da educação, além de apresentar grande dispendio dos recursos destinados a educação em estágios posteriores, como ensino fundamental e superior, enquanto as instituições de ensino de primeira infância não possuem a alocação necessária Assim, esse estudo tem como objetivo analisar como a inserção de alunos no sistema de ensino em estágios mais primários de vida, como creche e pré-escola têm impacto na proficiência do mesmo. Isso tem como finalidade a criação de recomendações para gestores públicos no ramo da educação. Com o intuito de alcançar esses objetivos, foi analisada a proficiência de alunos de escolas públicas no exame nacional do SAEB em função da inserção do aluno na pré-escola além de interagir essas variáveis com outros fatores que possam influenciar o desempenho da criança. Vale ressaltar que, após o modelo ser estruturado e serem realizadas as validações das suposições a fim de verificar a veracidade do mesmo, houve a invalidação de algumas suposições. Não houve a possibilidade de correção do modelo, uma vez que era necessária a criação de outras variáveis, e houve indisponibilidade de informação em relação às mesmas. Apesar disso, após serem realizadas as análises descritivas e empíricas foi observado que alunos que ingressaram no sistema de ensino anteriormente obtiveram notas maiores. No entanto, esses que começaram os estudos na pré escola (4-5 anos) performaram ainda melhor que alunos que ingressaram na creche (0-3 anos). Além disso, fatores sociais como escolaridade da mãe e a idade de aluno são mais influentes na proficiência do que educação primária. Assim, é possível chegar a recomendações que apoiem um maior dispêndio de recursos na construção de creches e pré-escolas a fim de aumentar a disponibilidade dessas para crianças que dependam do sistema público de ensino.

Palavras-chave
Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Sociais Aplicadas
Citação