Um modelo hazard para avaliação de risco de crédito de empresas brasileiras

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2010
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este trabalho propõe a avaliação de risco de crédito de empresas brasileiras de capital aberto e com ações negociadas em bolsa utilizando um modelo de hazard (ou duração) através da abordagem semi-paramétrica de Cox (1972). Como ponto de partida para definição do conjunto de variáveis explicativas escolheu-se o EMS (Emerging Market Score), sendo utilizada sua versão adaptada ao mercado brasileiro e com outras alterações específicas para este estudo. Foram simuladas emissões anuais de títulos de dívida e analisadas sob o ponto de vista de inadimplência. Fizeram parte deste estudo uma amostra de 280 empresas, tendo 241 permanecido adimplentes e 39 se tornaram inadimplentes em algum momento do horizonte analisado (de 1986 a 2008). Os resultados do modelo indicam que a taxa de inadimplência cai com o passar do tempo e que a liquidez tem peso extremamente importante na ocorrência do default

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Sheng, Hsia Hua
Área do Conhecimento CNPQ
Citação