Compensação dos executivos no Brasil: equilíbrio de mercado e principais determinantes na remuneração dos CEOs

dc.contributor.advisorADHEMAR VILLANI JUNIOR
dc.contributor.authorTamanini, Rafael Peón
dc.coverage.spatialSão Paulo, SPpt_BR
dc.creatorTamanini, Rafael Peón
dc.date.accessioned2021-09-13T03:21:13Z
dc.date.accessioned2021-04-18T00:10:08Z
dc.date.available2021-09-13T03:21:13Z
dc.date.available2019
dc.date.available2021-04-18T00:10:08Z
dc.date.issued2019
dc.date.submitted2019
dc.description.abstractOs altos salários pagos aos CEOs (presidentes executivos do conselho de administração) das grandes empresas ensejam a discussão sobre os determinantes para esses pagamentos. A literatura acadêmica divide-se entre aqueles que argumentam que os CEOs têm algum poder de entrincheiramento, isto é, uma vez que os dados mostram que o salário do CEO tem pouca relação com o desempenho das grandes empresas em que atuam, há uma razão para se acreditar que é elevado seu poder de decisão sobre seu próprio salário (e não o bom desempenho da firma), o que justificaria as elevadas quantias pagas. Por outro lado, evidências mais recentes mostram que a relação entre a alteração do tamanho da empresa e o salário do CEO tem-se intensificado nos últimos anos, o que contraria o argumento do entrincheiramento e corrobora a intuição geral de que os salários são determinados pelo equilíbrio de mercado. Nessa dissertação, além de uma completa revisão da literatura sobre o tema, apresentamos resultados estatísticos que corroboram que o salário dos CEOs é regido pelo equilíbrio de mercado utilizando uma base de dados elaborada pelo autor que compila 556 salários de CEOs das empresas brasileiras no período de 2012 a 2018.pt_BR
dc.description.otherThe high salaries paid to CEOs (chief executive officers) of large companies give rise to a discussion about the determinants of these payments. The academic literature is divided into those who argue that CEOs have some entrenchment power, that is, since data show that CEO salary has little to do with the performance of the large companies in which they operate, there is a reason to believe that their decision-making power over their own salary is high (and not the firm’s good performance), which would justify the high sums paid. On the other hand, more recent evidence shows that the relationship between changing company size and CEO salary has intensified in recent years, which contradicts the entrenchment argument and supports the general intuition that salaries are determined by equilibrium phenomena. In this dissertation, in addition to a complete literature review on the subject, we present statistical results that support superstar model findings using a database prepared by the author that compiles 556 CEOs salaries of Brazilian companies in the period. 2012 to 2018.pt_BR
dc.format.extent28 p.pt_BR
dc.identifier.urihttps://www.repositorio.insper.edu.br/handle/11224/2772
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rights.uriTODOS OS DOCUMENTOS DESSA COLEÇÃO PODEM SER ACESSADOS, MANTENDO-SE OS DIREITOS DOS AUTORES PELA CITAÇÃO DA ORIGEM.pt_BR
dc.subjectCEO entrenchment; CEO compensation; Superstars model.pt_BR
dc.subjectEntrincheiramento; Remuneração dos CEOs; Modelo Superstar.pt_BR
dc.titleCompensação dos executivos no Brasil: equilíbrio de mercado e principais determinantes na remuneração dos CEOspt_BR
dc.typemaster thesis
dspace.entity.typePublication
local.contributor.boardmemberGonçalves, Adalto Barbaceia
local.contributor.boardmemberLyrio, Marco Túlio Pereira
local.typeDissertaçãopt_BR
relation.isAdvisorOfPublication37fbad9a-4e50-4423-b76e-c2e3e30fa5cc
relation.isAdvisorOfPublication.latestForDiscovery37fbad9a-4e50-4423-b76e-c2e3e30fa5cc
Arquivos
Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
Dissertação - Rafael Peon Tamanini.pdf
Tamanho:
558.32 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
N/D
Nome:
license.txt
Tamanho:
1.71 KB
Formato:
Plain Text
Descrição: