Uma análise do trabalho infantil no Brasil entre 1992 e 2011

dc.contributor.advisorMadalozzo, Regina Carla
dc.contributor.authorHatty Júnior, Sérgio
dc.coverage.spatialSão Paulopt_BR
dc.creatorHatty Júnior, Sérgio
dc.date.accessioned2014-07-24T11:04:40Z
dc.date.accessioned2021-09-13T02:21:06Z
dc.date.available2014-07-24
dc.date.available2014-07-24T11:04:40Z
dc.date.available2021-09-13T02:21:06Z
dc.date.issued2013
dc.date.submitted2013
dc.description.abstractA incidência do trabalho infantil apresenta influência econômica e social na vida do indivíduo, fato este que gera uma defasagem escolar e consequências na inserção no mercado de trabalho e na sua saúde. O estudo analisa as principais variáveis relacionadas à inserção precoce do indivíduo no mercado de trabalho de acordo com características da criança e da família, onde se espera uma maior incidência de trabalho infantil quando a família é chefiada por uma mulher e uma relação negativa entre trabalho e estudo. Será utilizado o modelo de regressão Probit para averiguar a existência dos efeitos das características individuais das crianças da amostra, tais como idade, educação, região em que vive, renda familiar e de indicadores categóricos, tais como o sexo do chefe da família e etnia. A partir da estimação dos dados, infere-se que um aumento de um ano de estudo na vida da criança reduz a probabilidade de ela trabalhar e que o fato de o chefe da família ser mulher aumenta esta probabilidade. Outras evidências averiguadas são o desenvolvimento econômico díspar entre as regiões do país, o aumento da renda per capita e a relação de ambos com o trabalho infantil, corroborando as expectativas do estudo.pt_BR
dc.description.otherThe incidence of child labor has economic and social influence in one's life, a fact that generates a school delay and consequences on insertion in the labor market and in their health. The study analyzes the key variables related to the early integration of the individual in the labor market according to characteristics of the child and the family, where it is expected a higher incidence of child labor when the family is headed by a woman and a negative relationship between work and study. The Probit regression model will be used to ascertain the existence of the effects of individual characteristics of the children in the sample, such as age, education, region in which you live, family income and categorical indicators, such as the gender of the head of the family and ethnicity. From the estimation of the data, it appears that an increase of one year of study in a child's life reduces the likelihood of her work and the fact that the head of the family being a woman increases this probability. Other evidences found were identified as economic development disparate between regions the country, the increase of income per capita and the relationship of both with child labor, corroborating the expectations of the study.pt_BR
dc.format.extent28 f.pt_BR
dc.identifier.urihttps://www.repositorio.insper.edu.br/handle/11224/155
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rights.licenseTodos os documentos desta Coleção podem ser acessados, mantendo-se os direitos dos autores pela citação da origem.pt_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.subjectTrabalho infantilpt_BR
dc.subjectRendapt_BR
dc.subjectprogramas sociaispt_BR
dc.titleUma análise do trabalho infantil no Brasil entre 1992 e 2011pt_BR
dc.typebachelor thesis
dspace.entity.typePublication
local.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
Arquivos
Pacote Original
Agora exibindo 1 - 2 de 2
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
Sérgio Hatty Júnior_Trabalho.pdf
Tamanho:
795.46 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Descrição:
Texto Completo
N/D
Nome:
Sérgio Hatty Júnior_AutorizacaoAluno.pdf
Tamanho:
665.15 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Descrição:
Indisponível - Autorização Aluno
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
N/D
Nome:
license.txt
Tamanho:
1.71 KB
Formato:
Plain Text
Descrição: