A privatização do ensino superior brasileiro e o efeito nos indicadores de qualidade educacionais

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2017
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Ao longo das duas últimas décadas, o número de vagas em Instituições de Ensino Superior (IES) aumentou consideravelmente, principalmente devido à expansão da participação privada no setor educacional, aliada a programas governamentais que tinham como objetivo promover o acesso ao ensino superior. Se por um lado, o setor privado preencheu uma demanda por cursos de nível superior que não era suprida pelo poder público, por outro, é preciso ficar atento às prioridades das IES privadas - privilegiar a rentabilidade pode fazer com que essas empresas deixem em segundo plano a questão da qualidade. Dessa forma, este estudo teve como objetivo investigar se existem, na prática, diferenças entre o desempenho das IES que priorizam a lucratividade das demais. A medição do desempenho se deu por meio dos Indicadores de Qualidade, divulgados anualmente pelo MEC/Inep – mais especificamente, pelo Conceito Enade, Conceito Preliminar de Cursos e Índice Geral de Cursos. Finalmente, por meio dos testes de comparação de médias entre as IES, foi possível observar que as que priorizam a rentabilidade apresentaram, de fato, pior desempenho nos indicadores de qualidade do que as demais no ano de 2014.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Citação