Trabalhadores ou trabalhadoras? Pandemia da Covid-19 e disparidade de gênero no mercado de trabalho.

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Teixeira, Adriano Dutra
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2022
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O objetivo desse trabalho é investigar os efeitos da pandemia da COVID-19 na disparidade entre mulheres e homens da participação no mercado de trabalho, das horas trabalhadas e da subocupação. Partindo das teorias de alocação de tempo no domicílio e economia da identidade, estruturou-se um modelo teórico que avalia a utilidade do domicílio em função do tempo em atividade fora do mercado de trabalho (que engloba lazer e trabalho doméstico) tanto para o homem como para a mulher, pautado pelas categorias de gênero dos cônjuges. O estudo pretende testar a hipótese de que a pandemia levou a um choque negativo no mercado de trabalho, sendo as mulheres as mais afetadas relativamente aos homens, o que poderia levar a um encargo adicional do trabalho doméstico e uma possível redistribuição do mesmo. A partir de dados em painel de indivíduos utilizando a PNAD Contínua e estimações com a estratégia econométrica de Modelo de Probabilidade Linear, foi possível averiguar que as mulheres foram mais afetadas pelo choque negativo no mercado de trabalho causado pela pandemia, sendo o efeito ainda mais intenso entre as mulheres de baixa renda.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Exatas e da Terra

Multidisciplinar
Citação