Os desafios de Ben Bernanke durante o “Grande Pânico de 2008”

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2010
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O presente trabalho tem a pretensão ponderar a relação entre o corpo técnico na economia norte americana e seus respectivos agentes políticos através de dois pontos de vista. O primeiro relaciona-se com o que é defendido na literatura, considerando as relações entre o corpo técnico e os agentes políticos da economia em questão. O segundo aponta o que o chairman do FED, Bernanke, viveu no cargo, sob condições específicas de crises econômicas, mais precisamente: a crise de 2008 em seus aspectos políticos, strito sensu. Dessa forma, o trabalho discorre sobre o grau de liberdade de ação dos dirigentes do Banco Central, como também o quanto os agentes econômicos e políticos se complementam ou se anulam frente a momentos de turbulência econômica.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Mascolo, João Luiz
Muramatsu, Roberta
Área do Conhecimento CNPQ
Citação