Benchmarking entre Brasil e Coréia do Sul abordando dois pilares determinantes na inovação tecnológica: burocracia e legislação; e investimento de risco

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Medeiros, Egberto Arouca Modesto de
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2016
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O Brasil apresenta um nível de inovação tecnológica miserável quando comparado ao seu potencial. Já a Coréia do Sul, apresenta uma evolução exorbitante no quesito de inovação ao longo das últimas décadas e hoje é uma potência tecnológica. A diferença do desempenho dos países em comparação se deve aos diferentes modelos de políticas de inovação e às diferenças estruturais de cada país. O presente estudo estuda este gap de desempenho em a inovação entre os países focando nestes dois fatores principais. Através de diversas regressões lineares simples que abordam relações entre inovação com as políticas desenvolvidas e com questões estruturais, esta monografia evidencia que políticas voltadas à inovação bem desenhadas e implementadas são mais relevantes e de maior impacto para explicar o nível de inovação de cada país do que os próprios fatores estruturais, como por exemplo, o nível de educação de base da população. Um fator que se apresentou determinante para explicar o nível tecnológico de cada país são parcerias governamentais com empresas de alta carga tecnológica, como é o caso da Coréia do Sul.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Nakagawa, Marcelo Hiroshi
Sousa, Marcelo Victor Pires de
Área do Conhecimento CNPQ
Citação