Um estudo empírico sobre a validade da PPC na economia brasileira

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Parente, Artur Rothstein Barreto
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2014
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O presente trabalho objetiva verificar empiricamente a validade da paridade do poder de compra, que consiste em uma relação de longo prazo entre o câmbio e o nível de preços de dois países diferentes, e está diretamente associada ao enfoque monetário de determinação da taxa de câmbio. Para tanto, esse estudo utilizará testes de raíz unitária numa abordagem inicial, e, posteriormente, diferentes testes de cointegração que objetivarão verificar com maior sofisticação econométrica a validade da PPC. Devido há alguns efeitos do cotidiano que geram desvios da PPC, como o efeito da presença de bens não transacionáveis (que não estão sujeitos à arbitragem internacional) nas séries de preços, serão realizados testes de cointegração para séries de preços desagregadas (apenas comercializáveis) no intuito de observar se a teoria é válida em um contexto no qual todos os bens da cesta que compõe o índice de preços são passíveis de arbitragem. Adicionalmente, em caso de rejeição da validade da teoria, será feito um levantamento dos possíveis causadores de desvios da PPC.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Martins, Sergio Ricardo
Moura, Marcelo Leite de Moura e
Área do Conhecimento CNPQ
Citação