Transformação estrutural da economia brasileira: fatores determinantes

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2015
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
No segundo trimestre de 2013 a produção industrial brasileira sofreu uma recuo de 5,4%, a maior queda do período desde 2009, e para completar, a indústria de bens duráveis desabou 24,9% em comparação com o mês anterior (a pior queda da série histórica do IBGE construída desde 2002). O objetivo desse trabalho é analisar algumas correntes ideológicas, evidenciando que a nossa desindustrialização existe e é algo muito mais intrínseco a estrutura econômica brasileira e a visão limitada dos empreendedores, do que, a um desaquecimento cíclico. Caracterizando assim, as possíveis causas de uma migração de trabalhadores para o setor primário e de serviços caso não sejam criadas políticas publicas adequadas. Para um estudo empírico foram utilizados modelos econométricos vetoriais que possam explicar quais variáveis são relevantes para determinar as causas da atual conjuntura econômica como: câmbio (25%), capacidade de utilização da indústria (33%), China GDP (14%) e outros menos relevantes.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Madalozzo, Regina Carla
Área do Conhecimento CNPQ
Citação