Bolsa Família e a suposta distorção na escolha ocupacional: o efeito do programa Bolsa Família sobre a escolha ocupacional dos indivíduos difere quando comparamos a região Nordeste e Sudeste?

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2018
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Esse trabalho acadêmico tem como objetivo entender em que medida o Programa Bolsa Família afeta a escolha ocupacional dos beneficiários do programa no sentido de optarem entre os setores formal e informal do mercado de trabalho. Segundo Gruber (2012) programas como o Bolsa Família levam os indivíduos a se tornarem mais propensos a escolher o mercado informal devido aos critérios para se auferir aos benefícios do mesmo. Para isso, será utilizado um modelo de regressão descontínua, de maneira a explorar a descontinuidade presente na regra de elegibilidade do programa, focando-se nas diferenças entre os Estados do Nordeste e Sudeste do Brasil. No caso essa descontinuidade se dá na idade limite do filho mais novo das famílias que recebem os benefícios do programa. Ao final, verificamos que a participação no programa não tem influência na escolha ocupacional, nem em Estados da região Sudeste, nem em Estados da região Nordeste.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Área do Conhecimento CNPQ
Citação