O papel do crédito na transmissão da política monetária para inflação e crescimento no Brasil

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Perdomo, Juan Pedro Jensen
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2010
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este trabalho estende a decomposição da política monetária feita por Minella e Souza- Sobrinho (2009), incorporando o papel do volume do crédito, do custo de capital e da riqueza. Como em Minella e Souza-Sobrinho (2009), também é utilizado o método de Altissimo, Locarno e Siviero (2002). Os resultados obtidos são similares aos daquele trabalho, com destaque para a menor importância do câmbio e maior importância do crédito nesta simulação, assim como para a maior relevância do câmbio nos movimentos da taxa de inflação do que nos de produto. Além disso, é discutido o aumento da relevância da participação dos bancos públicos no crédito, forjando o mecanismo de transmissão da política monetária. Somente com as capitalizações do Banco do Brasil, do BNDES e da Caixa Econômica Federal o governo ganhou um poder de interferência na atividade econômica equivalente à redução da taxa básica de juros em aproximadamente 1,50 pontos percentuais, pelo período de um ano. Por fim, mostra-se também uma relação direta entre possíveis cenários para o crescimento da produtividade total dos fatores (PTF) e os juros reais, na qual cada ponto percentual de crescimento da PTF corresponde uma redução da taxa de juros real de equilíbrio em 4,30 pontos percentuais.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Mascolo, João Luiz
Silva, Marcelo Leite de Moura e
Área do Conhecimento CNPQ
Citação