Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/1990
Type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Estruturas jurídicas de investimentos: proteção e garantias para investimentos em startups
Authors: Gomes, Ricardo dos Santos e Silva
Examination board: Buzatto, Ana Cristina Von Gusseck Kleindienst
Advisor: Buzatto, Ana Cristina Von Gusseck Kleindienst
Publication Date: 2018
Original Abstract: As startups estão tendo um importante papel no cenário brasileiro, com o crescimento constante no mercado que as movimentam. Em razão de seu alto risco, a obtenção de capital via investimentos é muitas vezes a única alternativa viável à disposição de seus fundadores, ficando evidenciado a importância de ter um ambiente jurídico que forneça a segurança necessária para que tais investimentos possam ser realizados de forma segura. Neste sentido, se mostra cada vez mais importante a necessidade do conhecimento pelos empreendedores e investidores sobre as fases de vida de uma startup e das fases de captação de investimentos para que seu desenvolvimento seja realizado de forma eficaz, juntamente com as estruturas jurídicas possíveis que podem ser por eles adotadas para a operacionalização de tais investimentos. Tais conhecimentos se mostram importantes, inclusive como forma de pelo menos mitigar o risco intrínseco a este mercado e proteger tanto os interesses da startup como também os investimentos realizados. O objetivo do presente Artigo é, justamente, abordar tais fases de investimentos da startup e as estruturas jurídicas de investimentos que podem ser utilizadas, com a indicação de suas principais características, como forma de auxiliar tanto os empreendedores como os investidores na proteção de seus interesses.
Keywords in original language : Direito Societário. Startups. Investimentos. Estruturas Jurídicas.
Abstract: Startups are playing an important role in the Brazilian scenario, with the constant growth in the market that moves them. Due to its high risk, obtaining capital through investments is often the only viable alternative available to its founders, highlighting the importance of having a legal environment that provides the necessary security for such investments to be carried out safely. In this sense, it is increasingly important the knowledge of entrepreneurs and investors about the life stages of a startup and the stages of raising funds for its development to be carried out in an effective way, together with the possible legal structures that can be adopted by them for the operationalization of such investments. Such knowledge is important, including as a way to at least mitigate the risk intrinsic to this market and to protect the interests of the startup and of the investments made. The purpose of this Article is to address such stages of startup investments and legal investment structures that can be used, with their main characteristics, as a way of helping both entrepreneurs and investors to protect their interests.
Language: Português
Appears in Collections:LL.M. em Direito Societário

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RICARDO DOS SANTOS E SILVA GOMES_Trabalho.pdf544.54 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open
RICARDO DOS SANTOS E SILVA GOMES_Autorizacao.pdfINDISPONÍVEL - AUTORIZAÇÃO ALUNO364.54 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.