Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/5697
Type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Balanço competitivo e seu impacto sobre a incidência de público nos estádios de futebol
Author: Lima, Victor Durynek
Examination board: Ribeiro, Paulo Sergio Oliveira
Advisor: Martins, Dárcio Genicolo
Academic degree: Graduação
Publication Date: 2022
Original Abstract: Balanço competitivo, mesmo que nem sempre com esse nome, é um assunto que permeia com frequência a mídia, as rodas de conversas de fãs e é um tópico que as ligas devem se atentar visando ter um futuro sustentável. Existe a noção de que um grande e duradouro desbalanço pode afetar a demanda pelo esporte trazida por Rottenberg (1956), que argumentou que o público valora a competição balanceada e demanda por incerteza dentro do ambiente esportivo. Nesse contexto, o presente estudo busca, através de uma investigação empírica de dados do futebol europeu e brasileiro de 2007 a 2019, encontrar a relação entre a demanda do público por assistir partidas de futebol nos estádios e o balanço competitivo no conjunto de ligas analisadas. Fazendo uso de uma regressão de efeitos aleatórios, com variáveis de controle buscando capturar o ambiente econômico e a desigualdade e do indicador de balanço competitivo de Noll-Scully, são encontradas evidências de que a elevação do desbalanço competitivo durante o período teve um impacto positivo sobre o público nos estádios. Isso levanta algumas discussões, em linha com Szymanski (2006), sobre o comportamento do fã de futebol, se ele realmente vê uma dominância em sua liga local como algo ruim e se esse desbalanço – aliado a um período de grandes injeções financeiras em clubes de todas as ligas estudas – pode ter atraído mais o público (principalmente um espectador novo) do que repelido.
Abstract: Competitive balance, even if not always called that, is a topic that frequently permeates the media, fans' conversations, and is one that leagues must address to have a sustainable future. There is the notion that a large and long-lasting imbalance can affect the demand for sport brought by Rottenberg (1956), who augmented that the public values balanced competition and demands uncertainty within the sporting environment. In this context, the present study seeks, through an empirical investigation of European and Brazilian soccer data from 2007 to 2019, to find the relationship between public demand for attending soccer matches in stadiums and competitive balance of each league. Making use of a random effects regression, with control variables seeking to capture the economic environment and inequality and the Noll-Scully competitive balance indicator, evidence is found that the rise in competitive imbalance during the period had a positive impact on attendance at stadiums. That evidence raises some discussions, aligned with Szymanski (2006), about the soccer fan behavior, whether they really see a dominance in their local league as a detrimental issue and whether this imbalance - coupled with a period of large financial injections into clubs in all the leagues studied - may have attracted audiences (mainly a new spectator) more than repelled them.
Language: Português
CNPq Area: Ciências Exatas e da Terra
Copyright: TODOS OS DOCUMENTOS DESTA COLEÇÃO PODEM SER ACESSADOS, MANTENDO-SE OS DIREITOS DOS AUTORES PELA CITAÇÃO DA ORIGEM
Appears in Collections:Graduação em Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Victor Durynek Lima_Trabalho.pdfVictor Durynek Lima_Trabalho331.42 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Victor Durynek Lima_Termo Autorização.pdfVictor Durynek Lima_Termo Autorização721.06 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.