Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/733
Type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Os determinantes da escolarização superior: uma análise empírica para o Brasil
Authors: Godoy, Guilherme Rezende
Advisor: Santos, Marcelo Rodrigues dos
Publication Date: 2015
Original Abstract: A educação superior como objeto de estudo é alvo de constante debate em instituições públicas e privadas dado a sua alta correlação com a prosperidade econômica, e no Brasil isto não é diferente. Resultados insatisfatórios quanto ao nível de escolaridade brasileiro, como em ranking educacional divulgado recentemente pela Pearson, no qual entre 40 economias, o Brasil se encontra na 38º posição, são recorrentes em pesquisas e estudos. Apesar dos resultados, nos anos 2000, diferente do registrado em anos anteriores, dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) revelaram um aumento nos indicadores de matrículas e graduações em Instituições de Ensino Superior (IES). Dada a relevância do Ensino Superior para a produtividade do trabalhador, e consequente crescimento econômico, analisar o aumento das taxas de matrícula e conclusão em IES se tornou o objetivo deste artigo. Baseado em um modelo de escolha discreta entre prosseguir os estudos após o ciclo básico ou buscar alternativas, e concluir ou não os estudos em IES, os determinantes desta mudança no cenário da escolaridade superior serão investigados, com foco nas recentes políticas públicas implantadas, como FIES e PROUNI.
Keywords in original language : Educação superior
Expansão
Nível de escolaridade
Escolha discreta
Higher education
Expansion
Schooling
Discrete choice
Abstract: The higher education as a subject is constantly debated in public and private institution, given its high correlation with economic prosperity, and in Brazil it is no different. Unsatisfactory results regarding the level of Brazilian education, as in educational ranking recently published by Pearson, in which between 40 economies, Brazil is 38th, are constantly in research and studies. Despite the results, in the 2000s, differently than recorded in previous years, data from the National Institute of Educational Studies Teixeira (INEP) presented an increase in enrollment and graduations in Higher Education Institutions. Given the importance of Higher Education for worker efficiency and economic growth, studying the increased enrollment and graduation rates in Universities became the purpose for this article. Based on a discrete choice model between perceiving the Higher Education after the High School or look for other options, such as work, and the option of graduating or not at the University, the determinants of the recent change in numbers will be investigated, focusing on recent public policies such as FIES and PROUNI.
Language: Português
Copyright: Todos os documentos desta Coleção podem ser acessados, mantendo-se os direitos dos autores pela citação da origem.
Appears in Collections:Graduação em Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Guilherme Rezende Godoy_Trabalho.pdfTEXTO COMPLETO697.56 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Guilherme Rezende Godoy_AutorizaçãoAluno.pdfINDISPONÍVEL - AUTORIZAÇÃO ALUNO589.57 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.