Uma análise de performance da gestão ativa em fundos de ações

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Brito, Ricardo Dias De Oliveira
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2013
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
A indústria de fundos acionários brasileiros teve um crescimento significativo nos últimos anos. O crescimento foi direcionado para os fundos com gestão ativa, ou seja, com o objetivo de superar os retornos de um determinado índice. Porém, existe a dúvida se os gestores realmente conseguem gerar retornos adicionais quando ajustados ao risco. Esse trabalho tem como objetivo analisar os retornos dos fundos acionários brasileiros quando comparados com o modelo de 3 fatores desenvolvido por Fama e French(1993).Considerando a carteira agregada de fundos de ações ativos, os gestores conseguem adicionar valor a gestão ativa, porém esse retorno adicional é consumido pelas taxas de administração cobrada dos investidores. Além disso, foram feitas simulações bootstrap para inferir se o acaso gera resultados melhores do que o obtido pelos gestores. A maioria dos fundos não obtêm resultados melhores do que o esperado pelo acaso. Porém, uma pequena parte dos fundos que obtiveram os melhores resultados, tiveram uma performance acima do que o esperado por "sorte". A situação dos gestores melhora quando analisados os retornos brutos. A distribuição entre os fundos com resultados piores ou melhores quando comparadas com as simulações fica equilibrada. Comparando a distribuição dos fundos utilizando os retornos brutos com a distribuição média das simulações, existem gestores que diminuem os retornos esperados e gestores que aumentam os retornos esperados em proporções iguais.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Araujo, Michael Viriato
Varga, Gyorgy
Área do Conhecimento CNPQ
Citação