O efeito moderador da taxa de desemprego no impacto dos incentivos pecuniários sobre o nível de absenteísmo: uma análise baseada em equações de estimação generalizadas (GEE)

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Barros, Henrique Machado
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2012
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Esta dissertação tem como objetivo testar a validade da utilização de incentivos pecuniários como fator de redução do índice de absenteísmo, como predito pela teoria da agência, e a verificação do efeito moderador da taxa de desemprego sobre o uso do incentivo pecuniário como ferramenta para redução do nível de absenteísmo, tendo como base para validação estatística do estudo a utilização de equações de estimação generalizadas (GEE). Através de uma revisão de literatura da utilização da teoria da agência, buscou-se fundamentar a utilização de incentivos pecuniários como uma ferramenta para a redução do índice de absenteísmo de uma organização. A validação empírica da utilização dos incentivos pecuniários como meio eficaz de aumento do desempenho é testada na segunda metade do trabalho através de um modelo de séries temporais, porém nos testes realizados não foi possível determinar a validade da utilização de incentivos pecuniários como ferramenta eficaz para redução do nível de absenteísmo, e também não se validou a taxa de desemprego como variável moderadora do incentivo pecuniário.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Ferreira, Luciana Carvalho De Mesquita
Área do Conhecimento CNPQ
Citação