Replacement cycles, income distribution, and dynamic price discrimination

Carregando...
Imagem de Miniatura
Autores
Batista, Jorge Chami
Orientador
Co-orientadores
Tipo de documento
Artigo Científico
Data
2015
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este artigo analisa como a distribuição de renda, direitos de propriedade intelectual e outras políticas regulatórias como “padrões mínimos de qualidade” determinam estratégias de precificação num contexto dinâmico em que um monopolista periodicamente introduz novas gerações ou melhorias de um bem durável. Este trabalho difere dos de Inderst (2003) ou Koh (2006) em que a discriminação através de qualidade e tempo têm lugar num arcabouço em que os consumidores compram várias (e não apenas uma) gerações do bem durável ao longo da vida. Ele também difere do trabalho de Glass (2001) pois aqui podem emergir equilíbrios nos quais diferentes tipos de consumidores trocam de geração de durável com diferentes freqüências. Algumas das predições do modelo são corroboradas por dados da última POF-IBGE.

Titulo de periódico
Applied Economics
Título de Livro
Idioma
Inglês
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Exatas e da Terra
Citação