Análise da correlação, variante no tempo, entre a incerteza e a atividade econômica para o Brasil entre a década de 2000 e 2019

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Heleno Piazentini Vieira
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2021
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
A história econômica do Brasil é marcada por períodos de grande incerteza. Mais recentemente, é possível observar isto em períodos como a eleição presidencial de 2002. Diversos autores buscaram compreender a maneira pela qual essa incerteza econômica se relaciona com a atividade de um país. Foram utilizadas – por tais autores - duas metodologias centrais: a primeira de choques de incerteza que afetam diretamente o produto econômico, e a segunda buscando gerar correlação entre ambas as variáveis e compreender seu comovimento (mas sem inferir causalidade). O presente trabalho busca partir da segunda metodologia e traçar um panorama para o Brasil entre 2001 e 2019, utilizando um modelo Dynamic Conditional Correlation GARCH (DCC-GARCH), para compreender como a correlação se comporta (e varia ao longo do tempo). Foram utilizados diversos estimadores de incerteza e dois estimadores de atividade (Índice de Atividade Econômica - IBC-BR - e Nível de Emprego). A correlação se manteve negativa ao longo de todo o período de análise para o IBC-BR e para a grande maioria do tempo para o segundo. Além disso, foi observado que a correlação se tornou maior (em módulo, sendo mais negativa) durante a crise internacional observada no biênio de 2008 e 2009. Por fim, uma minoria dos modelos indicou um pico de correlação durante a crise econômica vivida em meados de 2015 a 2017.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Heleno Piazentini Vieira
Ulisses Monteiro Ruiz de Gamboa
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Exatas e da Terra
Citação