Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/3182
Type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Análise da correlação, variante no tempo, entre a incerteza e a atividade econômica para o Brasil entre a década de 2000 e 2019
Author: Gabriel Viegas Madasi
Examination board: Heleno Piazentini Vieira
Ulisses Monteiro Ruiz de Gamboa
Advisor: Heleno Piazentini Vieira
Academic degree: Graduação
Publication Date: 2021
Original Abstract: A história econômica do Brasil é marcada por períodos de grande incerteza. Mais recentemente, é possível observar isto em períodos como a eleição presidencial de 2002. Diversos autores buscaram compreender a maneira pela qual essa incerteza econômica se relaciona com a atividade de um país. Foram utilizadas – por tais autores - duas metodologias centrais: a primeira de choques de incerteza que afetam diretamente o produto econômico, e a segunda buscando gerar correlação entre ambas as variáveis e compreender seu comovimento (mas sem inferir causalidade). O presente trabalho busca partir da segunda metodologia e traçar um panorama para o Brasil entre 2001 e 2019, utilizando um modelo Dynamic Conditional Correlation GARCH (DCC-GARCH), para compreender como a correlação se comporta (e varia ao longo do tempo). Foram utilizados diversos estimadores de incerteza e dois estimadores de atividade (Índice de Atividade Econômica - IBC-BR - e Nível de Emprego). A correlação se manteve negativa ao longo de todo o período de análise para o IBC-BR e para a grande maioria do tempo para o segundo. Além disso, foi observado que a correlação se tornou maior (em módulo, sendo mais negativa) durante a crise internacional observada no biênio de 2008 e 2009. Por fim, uma minoria dos modelos indicou um pico de correlação durante a crise econômica vivida em meados de 2015 a 2017.
Keywords in original language : Incerteza
Atividade Econômica
História Econômica do Brasil
DCC-GARCH
Correlação
Abstract: Brazilian economic history is full of periods of high uncertainty. Recently, this is observable in periods as the presidential elections of 2002. Many authors tried to understand the way this economic uncertainty relates to the activity of a country. Two central methodologies were used by those authors: firstly, shocks of uncertainty that directly affects the economic product, the second one looks for the correlation between both the variables in order to comprehend their comovements (without assuming causality). This work adopts the second method to look at Brazil from 2001 to 2019, adopting a Dynamic Conditional Correlation GARCH (DCC-GARCH) model, in order to understand how the correlation behaves (and how it varies during the analyzed years). Several uncertainty and two activity (Índice de Atividade Econômica - IBC-BR - and Employment Rate) estimators were used. The correlation was sustained as negative for all the period in the models using IBC-BR, and for the majority of the time for the other proxy. Besides that, it was observed that the correlation became more negative during the international crisis observed in the period of time between 2008 and 2009. Finally, a minority of the models showed a peak in the correlation in the economic crisis between 2015 and 2017.
Keywords (english terms): Uncertainty
Economic Activity
Brazilian Economic History
DCC-GARCH
Correlation
Language: Português
CNPq Area: Ciências Exatas e da Terra
Copyright: Todos os documentos presentes nesta Coleção podem ser acessados, mantendo-se os direitos dos autores pela citação da origem.
Appears in Collections:Graduação em Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Gabriel Viegas Madasi_Trabalho.pdfTEXTO COMPLETO1.99 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Gabriel Viegas Madasi_Termo de Autorização - ok.pdfINDISPONÍVEL - Autorização do aluno1.12 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.