Alocação de ativos através do modelo multidimensional de fatores latentes com volatilidade estocástica para o mercado acionário brasileiro

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Araújo Júnior, Eurílton Alves
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2009
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este trabalho utiliza a série de retornos diários para as ações mais líquidas do Índice BOVESPA a partir de janeiro de 2000. Com base num arcabouço teórico e prático dada a grande gama de ativos estudados para alocação, optou-se por utilizar modelo multidimensional de fatores latentes com volatilidade estocástica como em Han (2006), onde a adequação do mesmo foi avaliada tanto dentro como fora da amostra utilizada. Por fim, com base nas previsões obtidas através do modelo, foram discutidas algumas regras de alocação para ativos brasileiros, além de se comparar com a regra sugerida em DeMiguel, Garlappi e Uppal (2009). Como síntese dos resultados finais, temos: o modelo de alocação diário via Markowitz a partir do modelo proposto supera a regra simples de 1/N, a qualidade do modelo independe da tendência da bolsa e há ganhos reais de alocação ao se considerar o prêmio de risco na mesma.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Gomes, Fabio Augusto Reis
Hotta, Luiz Koodi
Área do Conhecimento CNPQ
Citação