A adoção de estratégias de servitização na internacionalização de empresas brasileiras

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2021
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
As empresas industriais têm investido cada vez mais em estratégias com vista a melhorar a sua competitividade. Muitas vezes, estas estratégias implicam uma transformação do modelo de negócio conhecida por servitização, em que as empresas industriais passam a oferecer aos seus clientes serviços em vez dos produtos manufaturados. A estratégia de servitização é altamente complexa e desafiadora quando ocorre no mercado nacional onde a empresa está sediada. Esse nível de complexidade e desafios envolvidos subjacentes à servitização aumentam exponencialmente quando atrelados a um processo de internacionalização. Apesar de despertar o interesse de alguns pesquisadores, ainda pouco se sabe sobre como se dá no caso da servitização ocorrer no processo de internacionalização, onde a maior distância para o cliente pode trazer desafios adicionais. O presente trabalho tem por objetivo compreender como as empresas brasileiras estão adotando a estratégia de servitização em seus processos de internacionalização. Para isso foi conduzida uma pesquisa qualitativa de natureza exploratória e de abordagem indutiva, com a condução de entrevistas em profundidade com 36 empresas em diferentes níveis de servitização e estágios de internacionalização, além de nove associações setoriais. O resultado das análises das entrevistas de empresas servitizadas aponta para processos de cocriação de valor entre as empresas brasileiras e seus parceiros internacionais, uma intensificação do uso de ferramentas de inteligência de mercado, e aumento do comprometimento da empresa com o país-alvo, levando a mudanças de nos modos de atuação no exterior, assim como a uma atuação em diferentes modalidades. O estudo contribui com a literatura de servitização, com uma compreensão sobre quais as razões que levam a empresa a adotar estratégias de servitização na internacionalização, e como se dá a adoção da estratégia no contexto da internacionalização de empresas brasileiras e de diferentes setores industriais, incluindo seus desafios e impulsionadores, além de fazer proposições sobre os aspectos mais relevantes da servitização na internacionalização. O trabalho contribui também para a prática empresarial, indicando elementos chaves a serem observados no processo decisório e no planejamento da transformação de modelos de negócios internacionais com a adoção da estratégia de servitização.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Sociais Aplicadas
Citação