Os efeitos de choques de incerteza na economia brasileira: uma abordagem VAR com sign restrictions

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Guillén, Diogo Abry
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2021
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Esta dissertação investiga os efeitos de choques de incerteza doméstica em variáveis macroeconômicas brasileiras. A análise é conduzida tanto por meio de uma modelagem VAR com sign restrictions, inspirada no trabalho de Uligh (2005), como pela extensão do método com penalty function. Como resultados principais encontramos que choques de incerteza de curta duração (6 meses) geram pressões inflacionárias no curto prazo, além de uma depreciação do real frente ao dólar no primeiro mês após o choque. Em particular, ao aumentarmos o tempo de permanência do choque observa-se um viés altista dos preços ainda maior ao longo tempo e uma taxa de juros de curto prazo menos estimulativa. Estimamos também que o choque de um desvio padrão na variável de incerteza indica efeitos contracionistas na economia, sugerindo uma redução no crescimento em torno de 0,4% para o modelo base e 0,6% para o modelo alternativo. Com o propósito de comparação, aplica-se o mesmo modelo para dados macroeconômicos americanos e nota-se que o dólar tem uma leve tendência a apreciar em momentos de alta incerteza, além de um viés desinflacionário nos preços, diferentemente do caso brasileiro.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Citação