Fertilidade, mortalidade infantil e o papel das mulheres: um estudo para os municípios brasileiros

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Fiore, Eraldo Genin
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2010
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este estudo tem por objetivo entender o papel de agência das mulheres sobre a taxa de fecundidade e a taxa de mortalidade infantil nos municípios brasileiros. Como representantes do papel de agências das mulheres foram usadas as variáveis alfabetização feminina e participação das mulheres no mercado de trabalho. As variáveis dependentes usadas foram taxa de fecundidade e taxa de mortalidade infantil. As variáveis independentes foram alfabetização feminina, alfabetização masculina, participação das mulheres no mercado de trabalho, participação dos homens no mercado de trabalho, urbanização, esperança de vida, médicos por 1000 habitantes, pobreza e dummies para representar as macrorregiões brasileiras. O estudo conclui que, nos municípios brasileiros, a alfabetização feminina tem um efeito negativo sobre a taxa de fecundidade e positivo sobre a mortalidade infantil. Já a participação das mulheres no mercado de trabalho tem um efeito positivo tanto para a taxa de fecundidade, quanto para a mortalidade infantil. Este estudo foi baseado em estudos feitos por Amartya Sen em seu livro Development as Freedom (1999).

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Madalozzo, Regina Carla
Bugarin, Mauricio Soares
Área do Conhecimento CNPQ
Citação