Gestão passiva x gestão ativa: uma análise no mercado acionário brasileiro

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Okimura, Rodrigo Takashi
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2020
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
A decisão entre a gestão passiva e gestão ativa é algo que os investidores se perguntam no momento de fazer as alocações em sua carteira. Tratando-se especificamente do mercado acionário a grande pergunta que costuma vir a cabeça dos investidores é: Devo comprar um fundo de ações ativo ou passivo? Ambas as decisões possuem pontos positivos e negativos, o que será avaliado no trabalho é se há uma geração de valor superior da gestão ativa em detrimento da passiva, tratando-se da indústria de fundos de investimento em ações, de 2015 a 2020 considerando o mercado acionário brasileiro. Também será avaliado qual a sensibilidade de diversas características dos fundos ativos e passivos, à exemplo de tamanho e idade, em relação a produção de alfa de Jensen (1968). Dessa forma o investidor conseguirá, para o período analisado, no mercado acionário brasileiro, entender os fatores determinantes para escolha de fundos. Conclui-se que há um número proporcionalmente maior de fundos passivos, em comparação com os ativos, capazes de gerar alfa, porém a geração média de alfa é maior nos fundos ativos. Características como um menor tamanho do veículo do fundo, em termos de AuM e o fato de possuir perfil ativo, mostraram uma maior geração de alfa.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Silva, Cinthia Barbosa da
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Sociais Aplicadas
Citação