Racionalizações: a efetividade das alegações verbais na reparação da confiança

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2016
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O objetivo desse trabalho foi verificar a efetividade das alegações verbais que os indivíduos apresentam quando quebram a confiança de outras partes e desejam reparar e retomar o sentimento de confiança. Dada a violação, qual seria a melhor alegação a se dar no caso específico de quebra da confiança de um contratante? Alegar que apresentou um comportamento indevido por um bem maior, colocar a responsabilidade em outra pessoa ou tentar fazer com que o outro veja algo positivo na sua decisão de ter sido desonesto? Para atender aos objetivos do estudo, um experimento foi realizado em que tipos diferentes de alegações verbais foram manipulados e seus efeitos em confiabilidade percebida e intenção comportamental foram analisados. Chegou-se à conclusão de que existem alegações verbais mais efetivas do que outras quando o objetivo é reparar a confiança quebrada. Dentro do estudo, foi constatado que justificar moralmente um ato desonesto é a maneira mais efetiva no processo de retomada de confiança.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Ferreira, Luciana Carvalho de Mesquita
Área do Conhecimento CNPQ
Citação