Aplicação de ondaletas para estimação do CAPM

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Martins, Sérgio Ricardo
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2010
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este trabalho propõe um novo método de estimação para o risco sistemático, beta, das ações do mercado brasileiro. Para isso foi usada a técnica estatística de ondaletas, que busca reconstruir uma série histórica com pequenas ondas definidas na frequência e no espaço. Foi proposto a estimação dos parâmetros do CAPM adicionando as ondaletas para assim encontrar novos resultados com esta ferramenta ainda recente no campo financeiro. Durante o processo foi interessante utilizar o método de Limiares para evitar que as estimativas tenham alta volatilidade. Os resultados mostram que o uso de ondaletas é um avanço na estimação do beta, ao absorver a variação no tempo, sugerido por Bodie et al. (2008), e que esta abordagem gera resultados congruentes com a metodologia atualmente em uso.

Palavras-chave
Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Citação