Teste empírico sobre existência e persistência de market timing na estrutura de capital de empresas brasileiras

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Rossi Junior, Jose Luiz
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2008
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O objetivo principal desse estudo é verificar se o comportamento relacionado a market timing afeta o volume de ações ofertado durante IPOs e observar variações decorrentes do IPO na estrutura de capital das empresas no curto e médio prazo. Para isolar o efeito das “janelas de oportunidade”, o foco desse estudo é a oferta pública inicial de ações (denominada, pela sigla em inglês IPO) para o período de janeiro de 2004 até dezembro de 2007. Existem indícios de emissão num volume superior de ações no IPO quando empresas se encontram numa condição de mercado considerada “quente” e que parte do excesso de recursos levantado é distribuído via dividendos. Ainda se verifica que tais empresas têm menor rentabilidade que empresas que vêm a mercado em períodos “frios”. Observa-se também que o nível de alavancagem no trimestre que antecede o IPO é similar tanto para empresas que vêm a mercado em momentos “quentes” quanto para as que vêm a mercado em períodos “frios”. E, finalmente, após uma significativa redução na alavancagem financeira logo após o IPO, em apenas 7 trimestres, menos de 2 anos após a oferta, pode-se observar que a alavancagem financeira de empresas que vêm a mercado em períodos quentes é revertida quase aos níveis pré-IPO.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Sanvicente, Antonio Zoratto
Saito, Richard
Área do Conhecimento CNPQ
Citação