Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/1038
Type: Dissertação
Title: Teste empírico sobre existência e persistência de market timing na estrutura de capital de empresas brasileiras
Authors: Marotta, Marcelo
Examination board: Sanvicente, Antonio Zoratto
Saito, Richard
Advisor: Rossi Junior, Jose Luiz
Publication Date: 2008
Original Abstract: O objetivo principal desse estudo é verificar se o comportamento relacionado a market timing afeta o volume de ações ofertado durante IPOs e observar variações decorrentes do IPO na estrutura de capital das empresas no curto e médio prazo. Para isolar o efeito das “janelas de oportunidade”, o foco desse estudo é a oferta pública inicial de ações (denominada, pela sigla em inglês IPO) para o período de janeiro de 2004 até dezembro de 2007. Existem indícios de emissão num volume superior de ações no IPO quando empresas se encontram numa condição de mercado considerada “quente” e que parte do excesso de recursos levantado é distribuído via dividendos. Ainda se verifica que tais empresas têm menor rentabilidade que empresas que vêm a mercado em períodos “frios”. Observa-se também que o nível de alavancagem no trimestre que antecede o IPO é similar tanto para empresas que vêm a mercado em momentos “quentes” quanto para as que vêm a mercado em períodos “frios”. E, finalmente, após uma significativa redução na alavancagem financeira logo após o IPO, em apenas 7 trimestres, menos de 2 anos após a oferta, pode-se observar que a alavancagem financeira de empresas que vêm a mercado em períodos quentes é revertida quase aos níveis pré-IPO.
Keywords in original language : Market timing
Janelas de oportunidade
Estrutura de capital
Alavancagem financeira
Market timing
Windows of opportunity
Capital structure
Leverage
Abstract: This paper’s main objective is to verify the impact of market timing on IPO issuance volumes and observe short and mid-term consequent variation in companies’ capital structure. To isolate timing attempts the focus of this paper is the initial public offering (IPO) event registered at the CVM form January 2004 to December 2007. Evidence that firms that go public in hot issue markets distribute a superior volume of equity and distribute part of the excess cash in dividends is found. Moreover, such firms are found to be less profitable than cold market firms. It is also observed that pre-IPO leverage ratio levels for cold and hot market firms are virtually the same. However, in seven quarters, after a strong deleverage processes faced during the IPO quarter, hot market firms reverse the leverage ratio to the pre-IPO levels. Hence, the immediate market timing effect shows no persistence over the companies’ capital structure.
Language: Português
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marcelo Marotta_Trabalho.pdfTEXTO COMPLETO464.48 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Marcelo Marotta_Autorizacaoaluno.pdfINDISPONÍVEL - AUTORIZAÇÃO ALUNO459.18 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.