Transformação Digital no Setor Financeiro: uma tipologia de ações, affordances e impactos organizacionais

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Holz, Edvalter Becker
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2020
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Transformação digital em organizações diz respeito a um processo de profundas modificações estratégicas nas propriedades da organização por meio do uso de tecnologias digitais, visando geração de valor para o negócio. A despeito da relevância do tema, ainda não há um entendimento amplo sobre o fenômeno, prevalecendo discussões sobre modelos estratégicos e havendo oportunidade para contribuições com ênfase no uso efetivo das tecnologias digitais no contexto organizacional. Assim, este trabalho adota a abordagem de affordances, termo que indica possibilidades de ação criadas na relação entre as propriedades materiais de um artefato tecnológico e as percepções dos usuários orientados por objetivos, e realizadas com o atingimento desses objetivos. Delimitado ao setor financeiro, este trabalho analisa que mudanças têm ocorrido em organizações a partir do uso das seguintes tecnologias digitais: social media, mobile, data analytics, cloud computing, internet of things, artificial intelligence, e blockchain. Esta pesquisa é de natureza qualitativa indutiva, fazendo uso de princípios e técnicas da teoria fundamentada para análise de 34 casos descritivos publicados em revista peer review de circulação global entre 1998 e 2019. Eles descrevem processos de transformação digital em 60 bancos, envolvendo as principais instituições financeiras do mundo. Por meio de codificação aberta, axial e seletiva, a análise visou: i) identificar de que forma diferentes tecnologias digitais estão envolvidas na transformação digital; ii) delinear o processo de criação e realização de affordances organizacionais e seus os impactos no nível organizacional; iii) identificar tipos de ações, affordances e impactos organizacionais. Com base nos resultados, sugere-se que: i) as ações que orientam usos de tecnologias digitais nas organizações do setor financeiro são predominantemente gerenciais, em vez de estratégicos; ii) os tipos de affordances organizacionais desenvolvidos nesse uso caracterizam predominantemente digitalização de produtos e serviços e em vez de transformação estratégica; iii) no nível organizacional, predominam ajustes adaptativos, em vez de mudança robusta. Conclui-se que organizações do setor financeiro ainda não desenvolvem ações de natureza estratégica para fazer uso do potencial de geração de valor das tecnologias digitais, estando em fase de digitalização de produtos e serviços e não de criação de negócios digitais, o que indica baixo desempenho organizacional no ambiente digital.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Cahen, Fernanda Ribeiro
Área do Conhecimento CNPQ
Citação