Angel investors, seed-stage investors and founders influence on fintech funding: an emerging market context.

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2018
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Esse trabalho tem como objetivo diferenciar as FinTechs que receberam daquelas que não receberam aporte em forma de Private Equity ou Venture Capital. Foram utilizados dados de 2.524 empresas, localizadas em 76 países, durante os anos de 2008 até 2018. Este estudo visa validar se determinantes do financiamento de Startups também são aplicáveis ao sector das FinTechs. Nosso estudo mostra que investidores são mais propensos a investir em categorias tais como financiamento e pagamento. Esse trabalho demostra que FinTechs que receberam aporte de investidores anjos ou em estágio seed tem mais chance de conseguirem subsequentes financiamentos. Porém FinTechs com apenas um fundador apresentam menor probabilidade de receberem financiamento de Private Equity e Venture Capital. A influência de investidores seed e do número de fundadores na probabilidade de receber investimentos é menor em países emergentes.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Inglês
Notas
Membros da banca
Pinho, Paulo Soares De
Área do Conhecimento CNPQ
Citação