Estimativa da curva de Phillips para a economia brasileira

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Mascolo, João Luiz
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2014
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O presente trabalho realiza estimativas da Curva de Phillips Novo Keynesiana para o Brasil, tendo como objetivo analisar a dinâmica inflacionária no país após a instauração do regime de metas de inflação. Além de realizar uma análise econômica dos coeficientes estimados, o estudo em questão visa detectar até que ponto o modelo teórico é adequado para explicar a dinâmica de inflação brasileira. Para tanto, faz-se necessário testar qual método de estimação e qual conjunto de proxies se ajustam de melhor maneira aos dados. A estimação é feita por meio do método de Espaço de Estados, fazendo uso do Filtro de Kalman para capturar possíveis variações nos parâmetros ao longo do tempo. São estimados três modelos, cada um com uma medida diferente para capturar o efeito do ciclo econômico sobre a dinâmica inflacionária. Dentre os resultados obtidos tem-se que a relação entre medidas de hiato e inflação mostrou-se significante para todos os modelos, e não há evidências para rejeitar as hipóteses de que os parâmetros são constantes no período analisado e que há a neutralidade da moeda no longo prazo.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Saddi, Vitoria Cristina Cardoso
Muramatsu, Roberta
Área do Conhecimento CNPQ
Citação