Discriminação salarial entre gêneros e raças: uma análise por faixas etárias no Brasil

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Madalozzo, Regina Carla
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2015
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Neste trabaho é feita uma análise do comportamento da discriminação salarial entre gêneros e raças no decorrer da vida dos indivíduos no mercado de trabalho brasileiro. Para tanto, utilizam-se dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD) em três anos: 1993, 2003 e 2013. Dividindo a amostra em faixas etárias preestabelecidas, utilizamos a decomposição proposta por Oaxaca (1973) para estimar a discriminação salarial sofrida por mulheres e negros em cada faixa de idade. Os resultados não indicam uma tendência da discriminação salarial entre gêneros, onde, dependendo da faixa etária das mulheres, a discriminação aumenta, fica estável ou diminui. Já entre raças, os resultados mostram que a discriminação salarial é praticamente constante durante a vida dos indivíduos. Ainda, um outro fato verificado é que a discriminação salarial para novos entrantes no mercado de trabalho diminuiu de 1993 para 2013, tanto em gênero quanto em raça.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Pazello, Elaine Toldo
Área do Conhecimento CNPQ
Citação