Competição e decisão de entrada: Cooperativas de Crédito vesus Bancos Públicos e Privados

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Barbosa, Klenio De Souza
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2018
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O objetivo central deste trabalho é identificar como a entrada de cooperativas de crédito é afetada pelos bancos públicos ou privados através do tamanho mínimo de mercado para comportar essas estruturas de crédito, utilizando o modelo de proposto por Coelho, Mello e Resende (2013). Para isso verificamos diferentes cenário de quantidades de bancos, sendo que todos possuem ao menos uma cooperativa de crédito operando, para verificar o comportamento de cada agente. Utilizamos dados de 2015 / 2016 disponibilizados pelo Banco Central do país e pelo IBGE, sendo o tamanho de mercado a renda total da população adulta. Verificou-se que o duopólio de cooperativa de crédito necessita de um tamanho de mercado 249% maior do que o monopólio para mercados com apenas esse setor operando, enquanto duopólios de cooperativas com bancos públicos ou privados não precisam de um incremento tão substancial, sendo de 15% e 21% respectivamente. Esse resultado indica complementariedade entre os segmentos bancários, contrariando a posição de concorrência esperada. Estendemos o estudo isolando o efeito por região do Brasil, quando constatamos que a região Sul é aquela que precisa de menor mercado para operar.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Moita, Rodrigo Menon Simoes
Rocha, Bruno De Paula
Área do Conhecimento CNPQ
Citação