Dois ensaios sobre os fundos long-short no Brasil

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Gomes, Fabio Augusto Reis
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2009
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
A presente tese tem como objetivo avaliar o comportamento dos retornos dos Fundos Long- Short no Brasil e é composta por dois artigos, cada artigo corresponde a um capítulo. O primeiro artigo aborda a geração de Alpha nesses fundos, ou seja, se os gestores são capazes de prover retornos positivos ajustados ao risco. Além de utilizar o modelo clássico CAPM, incluímos um componente que consegue capturar assimetria em relação ao mercado. Em princípio, como os gestores de Long-Short podem utilizar posições compradas e vendidas, eles deveriam ser capazes de capturar retornos positivos tanto em mercados de alta, quanto em mercados baixa. Já o segundo artigo analisa o comportamento da exposição dos fundos ao mercado ao longo do tempo. Uma vez que gestores podem alterar suas carteiras, faria sentido eles possuírem uma carteira mais agressiva, ou seja, uma exposição maior, ou menos agressivas, conforme julgassem necessário. Para estimar tal exposição, foram utilizados os seguintes modelos que conseguem capturar a dinâmica do Beta intertemporalmente: Garch Multivariado e Modelos de Espaço de Estado.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Brito, Ricardo Dias De Oliveira
Andrade, Luiz Felipe P. De
Área do Conhecimento CNPQ
Citação