Corrida bancária : estudo de evento de crise sistêmica no Brasil

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Lyrio, Marco Tulio Pereira
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2014
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este trabalho propõe um modelo de monitoramento que procura evidências do impacto da desconfiança no sistema bancário durante o episódio da desvalorização do real em 1999. O modelo de estudo desse evento, busca associar os retornos anormais dos preços das ações das instituições bancárias a uma aproximação da probabilidade de corrida bancária, quantificando o aumento da vulnerabilidade do setor bancário brasileiro no período. A metodologia mostra resultados coerentes com a expectativa de corrida bancária, ainda que possua escassa significância estatística, sendo capaz de demonstrar o estresse decorrente da crise russa de 1998, e evidenciando a fragilidade das instituições bancárias entre julho de 1998 e janeiro de 1999. O trabalho demonstra que apesar do modelo utilizado corroborar com os indícios de crise bancária na janela do evento analisado, os fatores presentes naquele momento não foram suficientes para desencadear uma crise de confiança observável através dos retornos anormais das ações de instituições bancárias.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Araujo, Michael Viriato
Weller, Leonardo
Área do Conhecimento CNPQ
Citação