Utilização do árbitro de vídeo e o efeito mando de campo no Brasileirão

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2021
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
A vantagem que uma equipe tem ao jogar em casa é reconhecida tanto pelos torcedores quanto pela literatura. No futebol brasileiro, esta também é verdadeira. Este estudo tem como objetivo analisar o impacto da introdução do árbitro assistente de vídeo (VAR) na vantagem de se jogar como o mandante de uma partida. Testa-se, assim, se a introdução de um árbitro que pode corrigir a arbitragem de campo causou uma diminuição do viés da arbitragem. O estudo modelou a performance das 16 equipes que jogaram o Brasileirão em 2018 e 2019 – ano de introdução do VAR –, utilizando os gols das equipes mandantes e visitantes como variáveis de resposta. O modelo de regressão utilizado para investigar nossa hipótese foi Poisson bivariado e, na forma reduzida, mínimos quadrados ordinários (MQO), a fim de controlar pela endogeneidade existente entre as variáveis de resposta e a quantidade de torcedores na partida (variável de controle), pois uma maior torcida pode melhorar a performance da equipe mandante e, também, estar relacionada à expectativa de que a equipe da casa é favorita no confronto. As evidências sugerem que o VAR foi responsável por um aumento nas chances de gol das equipes visitantes, enquanto não impactou significativamente as chances de gol das equipes mandantes.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Sociais Aplicadas
Citação