Efeito do uso de derivativos cambiais em estratégias de proteção e especulação no valor das empresas brasileiras

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Lyrio, Marco Túlio Pereira
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2017
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este trabalho estuda o uso de derivativos de moeda estrangeira por empresas brasileiras não financeiras em estratégias de proteção ou especulação e seu possível efeito no valor da firma. Usando dados de exposição cambial e derivativos contratados a partir das demonstrações financeiras de uma amostra de 100 empresas de capital aberto entre 2012 e 2016, foram discriminadas as empresas que utilizam derivativos para reduzir sua exposição cambial (hedging), das que fazem uso seletivo, incorporando visões particulares sobre os movimentos de mercado, e das especuladoras, que atuam com posições que efetivamente aumentam suas exposições. Os resultados indicam que o uso de derivativos agrega valor à firma, mesmo quando feito com fins especulativos. Não foram encontradas evidências que justifiquem o uso seletivo de derivativos.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Marçal, Emerson Fernandes
Área do Conhecimento CNPQ
Citação