O uso de derivativos cambiais e a sensibilidade investimento : fluxo de caixa nas empresas

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Rossi Junior, Jose Luiz
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2010
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este trabalho examina se o uso de derivativos cambiais por parte das empresas que possuem exposição ao câmbio permite a elas reduzir sua dependência do fluxo de caixa interno para efetuar investimentos. Para tanto, utilizam-se como base para o estudo as empresas não-financeiras listadas na Bolsa de Valores do Estado de São Paulo e o período referente aos anos de 2004 a 2009. Em linha com a hipótese prevista, os resultados apontam para uma sensibilidade na relação investimento - fluxo de caixa significativamente menor para os usuários de derivativos cambiais quando comparados aos não-usuários, ou seja, os usuários de derivativos cambiais são menos dependentes do fluxo de caixa interno para realizar investimentos.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Machado, Sérgio Jurandyr
Oliveira, Fernando Nascimento De
Área do Conhecimento CNPQ
Citação