Progressão de carreira para mulheres e representatividade feminina no Top Management Team (TMT) nas organizações: razões por que mulheres de alto potencial recusam oportunidades de crescimento

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Ferreira, Luciana Carvalho de Mesquita
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2018
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O avanço de carreira para mulheres ainda é um problema na sociedade moderna. Embora estudos tenham mostrado que as mulheres têm maior participação na força de trabalho, a presença em cargos de alto nível em empresas ainda é incipiente. Há muita pesquisa quantitativa e qualitativa sobre diversidade, papéis de gênero, contextos institucionais e culturais que apresentam barreiras ao avanço da mulher, ambos enraizados nos campos da psicologia e da sociologia aplicados à Estratégia e à Gestão de Negócios. Há também artigos explicando como corporações e práticas de gerenciamento podem ser adaptadas para evitar ou diminuir tais barreiras. O presente estudo se utiliza de pesquisa qualitativa por meio de entrevistas e busca compreender aspectos da escolha das mulheres, se além do gênero, preconceito e cultura ou restrições institucionais, as mulheres chegaram ao topo, mas decidiram não prosseguir. O principal objetivo é entender as razões que levam as mulheres de alto potencial a recusar oportunidades de crescimento profissional. Espera-se obter uma maior compreensão sobre este fenômeno, adicionando uma nova perspectiva teórica ao tema e, com as respostas, ajudar a criar melhores práticas de gestão para atrair ou manter as mulheres na progressão da sua carreira.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Ramos, Carla Sofia Dias
Cepellos, Vanessa Martines
Área do Conhecimento CNPQ
Citação