A Regra de Taylor no Brasil

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2019
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
A regra de Taylor é o principal instrumento utilizado pelos bancos centrais para definir o patamar do juro. O presente trabalho buscou compreender a influência dessa regra na tomada de decisão do Banco Central do Brasil. Para isso, foi definido, primeiramente, que o modelo empírico mais adequado é o proposto por Clarida, Gali, Gertler (2000). Posteriormente, foram construídas diferentes especificações para as variáveis não observáveis da regra: o hiato do produto e o juro neutro. Utilizando combinações dessas especificações, foram geradas vinte e quatro estimações da regra monetária. Com estes resultados, construiu-se um intervalo de confiança para o patamar ótimo do juro. Como a trajetória da Selic está contida neste intervalo, concluiu-se que há uma ancoragem significativa das decisões do banco central à regra de Taylor.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Leite Neto, Fernando Ribeiro
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Sociais Aplicadas
Citação