A caderneta de poupança sob uma perspectiva de apreçamento de ativos

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Brito, Ricardo Dias De Oliveira
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2018
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
De acordo com uma pesquisa conduzida pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), dentre os produtos financeiros, investimentos, serviços e bens que os brasileiros possuem, a caderneta de poupança foi o item mais citado, sendo utilizada por 69,5% dos entrevistados. Apesar da sua popularidade, o retorno real médio oferecido aos seus investidores foi de apenas 1,10% ao ano, durante o período de 1968 a 2017. Com base nessa evidência, o presente trabalho tem o objetivo de avaliar se a caderneta de poupança foi um bom investimento para os brasileiros nos últimos 50 anos, por meio da utilização da metodologia de apreçamento de ativos Consumption Capital Asset Pricing Model (CCAPM). Os resultados encontrados por simulações envolvendo coeficientes de aversão relativa ao risco e taxas de desconto intertemporal determinadas por pesquisas na literatura indicam que os retornos reais médios esperados pelos investimentos em caderneta de poupança deveriam ser de pelo menos 4,43% ao ano, acima do que foi de fato ocorrido.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Chague, Fernando Daniel
Barbosa, Klenio De Souza
Área do Conhecimento CNPQ
Citação