Análise de fatores determinantes do volume de fusões e aquisições no Brasil

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2018
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este estudo investigou quais são os fatores determinantes do volume de fusões e aquisições no Brasil. Para isso, foi proposto um modelo de múltiplas variáveis que foram classificadas em quatro grupos: (i) variáveis do mercado acionário, (ii) variáveis macroeconômicas, (iii) variáveis das firmas e (iv) variáveis de riscos políticos e econômicos. O foco da análise foram as fusões e aquisições ocorridas entre empresas brasileiras no período de 2002 a 2017. Neste período, consolidou-se no país o tripé macroeconômico baseado em um sistema de metas de inflação, câmbio flutuante e disciplina fiscal. Após a revisão da literatura e da elaboração das hipóteses, chegou-se a um modelo teórico que definiu as variáveis explicativas a serem utilizadas em um modelo de regressão de séries temporais. Através do modelo verificou-se que pelo menos uma variável de cada um dos quatro grupos apresentou significância estatística, além disso, essas variáveis corroboraram as hipóteses levantadas através da revisão da literatura. Essas variáveis foram: variação do nível de valuation, número de IPOs, variação do PIB, variação do risco-país e a volatilidade do Ibovespa. Portanto, a investigação concluiu que parte relevante da variação do volume de fusões e aquisições é explicada pelas condições do mercado acionário, da liquidez das empresas, do ciclo econômico e do nível de risco político e econômico.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Bortoluzzo, Mauricio Mesquita
Área do Conhecimento CNPQ
Citação