Bancos Estatais Vs. Privados, concorrência ou indiferença?

dc.contributor.advisorSERGIO GIOVANETTI LAZZARINI
dc.contributor.authorMarco, Marcel Artoni De
dc.coverage.spatialS�o Paulopt_BR
dc.creatorMarco, Marcel Artoni De
dc.date.accessioned2021-09-13T03:12:33Z
dc.date.accessioned2021-05-23T19:01:48Z
dc.date.available2021-09-13T03:12:33Z
dc.date.available2013
dc.date.available2021-05-23T19:01:48Z
dc.date.issued2013
dc.date.submitted2013
dc.description.abstractO sistema bancário brasileiro é o maior e um dos mais complexos da América Latina. Diversos estudos apontam que este sistema apresenta concentração moderada e, desta forma, seria esperado uma dinâmica competitiva similar ao oligopólio. Este contexto revela a importância de se compreender como ocorrem as relações competitivas que permeiam as maiores instituições deste sistema financeiro. Nesse sentido, os bancos que buscam maximização de lucro deverão escolher sua melhor resposta, isto é, a decisão de taxa de juros que traga o melhor retorno possível dada a antecipação das reações dos competidores. Contudo, um fator que torna este ambiente mais complexo é que os bancos públicos perseguem diversos objetivos além da maximização de lucro. Por exemplo, bancos públicos podem buscar reduzir juros para a população ou cobrir segmentos de clientes considerados muito arriscados por bancos privados. Este trabalho busca entender como bancos públicos e privados diferem nas reações à movimentação de concorrentes. Para tanto, foram analisadas as dinâmicas competitivas de três produtos de crédito, distribuídos por sete bancos dos maiores bancos brasileiros no período de quatro anos. Para estimar as reações de mercado, este trabalho utilizou modelos auto-regressivos vetoriais (Vector Autoregression Models– VAR), e com resultado do modelo foram criadas redes competitivas de empresas. Nossa amostra de produtos mostrou que tanto bancos públicos como os bancos privados apresentaram postura de líderes.pt_BR
dc.description.otherThe Brazilian banking system is the largest and one of the most complex in Latin America. Several studies indicate that this system has moderate concentration, so we would expect competitive dynamics similar to an oligopoly. This context reveals the importance of understanding how the largest financial institutions of reacts when a competitor changes its prices. Accordingly, banks that seek profit maximization should choose their best response, which is the decision of interest rate that brings the best possible return given the anticipation of the reactions of competitors. However, a factor that adds complexity to this system is that public banks pursue different goals beyond profit maximization. For example, public banks may seek to reduce interest rates to target customer segments deemed too risky by private banks. This research seeks to understand how public and private banks differ in their competitive reactions. Therefore, we analyzed the competitive dynamics of three products credit over seven of the largest Brazilian banks in the period of four years. To estimate the market reactions, this study used Vector Autoregression Models (VAR), and the results of the models were used to create competitive networks of companies.pt_BR
dc.format.extent65 p.pt_BR
dc.identifier.urihttps://www.repositorio.insper.edu.br/handle/11224/2831
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rights.uriTODOS OS DOCUMENTOS DESSA COLEÇÃO PODEM SER ACESSADOS, MANTENDO-SE OS DIREITOS DOS AUTORES PELA CITAÇÃO DA ORIGEM.pt_BR
dc.subjectBanks; Competitive Dynamics; State Ownership e Brazilian Financial Marketspt_BR
dc.subjectBancos; Dinâmica Competitiva; Controle Estatal e Mercado Financeiro Nacionalpt_BR
dc.titleBancos Estatais Vs. Privados, concorrência ou indiferença?pt_BR
dc.typemaster thesis
dspace.entity.typePublication
local.contributor.boardmemberAzedo, Paulo Furquim De
local.contributor.boardmemberAndrade, Eduardo De Carvalho
local.contributor.boardmemberRINALDO ARTES
local.typeDissertaçãopt_BR
relation.isAdvisorOfPublication4ee022f9-7466-405d-ae1a-6b1e33f611e8
relation.isAdvisorOfPublication.latestForDiscovery4ee022f9-7466-405d-ae1a-6b1e33f611e8
relation.isBoardMemberOfPublication8b791c94-f3e5-4e04-af26-594195a8f576
relation.isBoardMemberOfPublication.latestForDiscovery8b791c94-f3e5-4e04-af26-594195a8f576
Arquivos
Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
Marcel Artoni de Marco.pdf
Tamanho:
2.91 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
N/D
Nome:
license.txt
Tamanho:
1.71 KB
Formato:
Plain Text
Descrição: