Produtividade e Educação nos Municípios Brasileiros

Carregando...
Imagem de Miniatura
Autores
Ferreira, Maria Julia de Barros
Komatsu, Bruno Kawaoka
Orientador
Co-orientadores
Tipo de documento
Relatório de pesquisa
Data
2017
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Esse texto tem como objetivo investigar o descompasso entre o crescimento da produti vidade e da escolaridade no Brasil. Especificamente, são estudadas as relações entre o crescimento do percentual de concluintes do ensino médio e superior e o crescimento da produtividade (valor agregado por trabalhador), salário médio e renda per capita a nível municipal entre 2000 e 2010. Para isso, utilizamos dados dos Censos Demográficos e as contas regionais desses anos. Os resultados obtidos mostram uma aparente correlação negativa entre a produtividade e a escolaridade, que pode ser justificada pela união de três constatações: (1) os municípios mais pobres ou menos produtivos inicialmente foram os que tiveram o maior aumento de produtividade, salário médio e renda per capita; (2) os municípios mais escolarizados foram aqueles que tiveram o maior crescimento no per centual de concluintes do ensino médio e, especialmente, do superior e (3) os municípios inicialmente mais ricos ou produtivos são aqueles cujo percentual de concluintes do en sino médio e superior são mais altos. Assim, considerando constante o nível inicial da produtividade, do salário médio e da renda per capita, de forma a controlar os seus efeitos sobre os resultados, as correlações se tornaram positivas para o crescimento dessas três variáveis e os dois níveis de escolaridade. Portanto, conclui-se que, o nível de educação relaciona-se positivamente com a produtividade.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Sociais Aplicadas
Citação