Fatores estruturais incentivando comportamentos steward como forma de combate à corrupção no setor público

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2017
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O presente trabalho tem como objetivo analisar o processo de tomada de decisão por crimes de corrupção no setor público, de acordo com a abordagem econômica para crimes proposta por Gary Becker (1968). A análise será feita para um indivíduo do tipo Homo economicus (homem econômico), aquele cuja utilidade é maximizada de forma individual, em comparação com um indivíduo do tipo steward, cuja utilidade é maximizada buscando gerar bem-estar coletivo de forma cooperativa. A partir de um experimento com pessoas que já se encontram atuando no mercado de trabalho, será possível simular situações nas quais o respondente deve optar por agir de maneira corrupta ou não. Comprovada a existência de um raciocínio lógico como motivador de tais atos para o homem econômico, mas inibidor para o steward, serão analisadas de que forma as instituições brasileiras são ou não capazes de promover o comportamento do tipo steward apresentados por Davis, Schoorman e Donaldson (1997). Para tanto, será feita uma adaptação do trabalho de Hernandez (2012), que estudou os fatores estruturais antecedentes do comportamento deste perfil, fazendo com que os agentes públicos se tornem menos propensos a cometerem crimes de corrupção.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Ferreira, Luciana Carvalho de Mesquita
Área do Conhecimento CNPQ
Citação